E AFINAL COZINHAR É SIMPLES

como aprender a educar o "gosto"

Ratatouille, ou Ratatui como lhe quiserem chamar, surpreendeu-me pela qualidade com que se fala de um tema, pouco abordado pela animação, de como fazer uma alimentação correcta. De facto, este filme procura antes de mais educar, educar não só a boca como a higiene, e não são precisas grandes metáforas para entendermos esta mensagem.
Aqui, é um rato que nos educa, apurando os sentidos para os ingredientes necessários da boa alimentação - sobretudo os
vegetais se repararem.
A mensagen para os mais pequenos, e sobretudo para os crescidos
que acompanham os mais pequenos, é afinal de contas que: o “gosto” se deve educar; todos são capazes de cozinhar; devemos lavar as mãos antes de comer; é fácil e rápido cozinhar; e a comida lixo não passa disso mesmo, de lixo.
No fim escutava uns pais que à saída diziam por entre os dentes: o filme não teve lá grande piada... o miúdo não se riu muito! - para estes a mensagem não passou.
Ratatui é um filme que recomendo, principalmente para os mais crescidos que não acharam piada

4 comentários

Mensagens populares