Textos Mais Lidos

Outras Casas

Frase

Em breve...

Seguir por Email

Textualinos

Pesquisar neste blogue

Comentários

Recent Comments Widget for Blogger With Avatar For Blogger by Beautiful Blogger Widgets

 

 

+

 

A ARTE DIVINA DE JULIA

"a grandeza interior do homem"
considerada uma grande excêntrica da fotografia. Nasceu no Ceylan em 11 de Junho de 1815 em Calcutá (Índia), no seio de uma família de dez irmãos. Filha de escocês e franceses pertencentes à sociedade bengalense foi educada na França até os 19 anos, onde regressou de novo à Índia.
Aos 21 anos conheceu Sir. John. Herschel que mais tarde implantou os termos (positivo - negativo em fotografia), e autor da descoberta das propriedade
s do tio sulfito como fixador. Sendo Sir. John Herschel o assessor fotográfico de Cameron.
Casada com um homem vinte anos mais que ela
, excelente jurista e plantador de chá, viveu na Índia até os trinta e três anos, depois mudou-se com toda sua família à Ilha de Wight, na Inglaterra.
Teve seis filhos e outros adotados, por este motivo vivia num grande casa
rão, que sempre se encontrava cheio de poetas, artistas e cientistas da época victoriana.
Quando contava já com quarenta e oito anos, e por causa de uma viagem de seu marido, sua irmã a presenteou com um
a câmera para acalmar a solidão pela ausência de seu marido.Este fato teve um forte impacto em Júlia que a fez dedicar-se plenamente à fotografia.
Transformou e adaptou uma carbonera da casa num improvisado laboratório e um quarto de meninos em seu estúdio, e se dedicou a realizar fotografias, retratos em sua imensa maioria, de seus familiares, amigos, criados... obrigando-lhes em muitas ocasiões a posar longos períodos de tempo devido às investigações que levava a cabo com a luz e as placas.
Teve uma grande inspiração em pintores românticos da época para realizar suas alegorias, muitas delas de âmbito religioso, que causaram grande admiração em suas convenções, recebendo grandes felicitações por suas interpretações.
Julia Margaret Cameron fotografava retratos tipo "carte de visite" de seus amigos famosos, com a meta de reproduzir "a grandeza interior do homem e ao mesmo tempo mostrar seus traços físicos". Considerava a fotografia a "arte divina".

Margaret Cameron, faleceu em 1879
Cinco Artes (Fotografia)
esta biografia foi retirada daqui
 

Um milhão de visitas

Este blog foi fundado em 13/01/05. Ao longo destes 8 anos passou um milhão de olhares pelos artigos e frases que aqui diariamente coloco. Já foi alvo de referência de vários órgãos de comunicação social, bem como de centenas de blogs e sites que visito ainda hoje com algum afecto. A todos um muito obrigado.

Contacto

vaz.correio@gmail.com