Textos Mais Lidos

Outras Casas

Frase

Em breve...

Seguir por Email

Textualinos

Pesquisar neste blogue

Comentários

Recent Comments Widget for Blogger With Avatar For Blogger by Beautiful Blogger Widgets

 

 

+

 

Sábado (pelas 16h) - Clube Literário do Porto

"o título O Estrangulador de Bonecos de Neve confronta-nos com múltiplas emoções e a ele correspondem quarenta e sete contos do novo livro de Carlos Vaz. Três histórias entrelaçam este «estrangulador» (páginas 11, 46 e 57); são uma respiração que expressa as infinitas possibilidades inovadoras da escrita. Esse é, aliás, o timbre da criatividade de Carlos Vaz tanto na ficção como na poesia, áreas que tem vindo a trabalhar com um extraordinário sentido estético, apostado no aprofundamento e no pulsar da palavra enquanto síntese das grandezas e misérias da condição humana. Desses microcontos ressaltam metáforas da violência (violência compulsiva)e da impunidade. O homem cria e destrói o seu «boneco de neve»,dia após dia, limpando bem a «cena do crime» para «não deixar quaisquer vestígios forenses». Depois, na Primavera, vai aos jardins e estrangula «(...) as ramadas em conjunto, tapando a boca de cada uma das folhas para não chamarem o jardineiro». Mais adiante, num toque de mestre, Carlos Vaz faz o «meticuloso assassino de bonecos», «alérgico à avena», cair nas suas próprias teias, espirrando até mais não ao tentar estrangular espanta-pardais. Então desiste. Em termos de provas ADN, os espirros levam a melhor!Com ilustrações de Júlio Cunha, Mário Rebelo de Sousa, Isabel Ferreira Alves, Evelina Oliveira, Constança Lucas e César Taíbo, O Estrangulador de Bonecos de Neve é um livro intenso num movimento circular, de modo a que a alegoria organize a reflexão plena (caso do primeiro e último textos à volta de livros e leitores).Num misto de sonho e de angústia, Carlos Vaz satiriza a «insuportável leveza das coisas». E da inquietação nasce uma luminosa busca interior e um distinto sentido crítico"

Maria Augusta Silva, in: Jornal de Notícia e Diário de Notícias

0 comentários:

 

Um milhão de visitas

Este blog foi fundado em 13/01/05. Ao longo destes 8 anos passou um milhão de olhares pelos artigos e frases que aqui diariamente coloco. Já foi alvo de referência de vários órgãos de comunicação social, bem como de centenas de blogs e sites que visito ainda hoje com algum afecto. A todos um muito obrigado.

Contacto

vaz.correio@gmail.com