Textos Mais Lidos

Outras Casas

Frase

Em breve...

Seguir por Email

Textualinos

Pesquisar neste blogue

Comentários

Recent Comments Widget for Blogger With Avatar For Blogger by Beautiful Blogger Widgets

 

 

+

 

Os mega-ultra-fixes-agrupamentos.

o futuro da educação, explicado passo-a-passo
nos últimos tempos, temos assistido a um retorno de um autentico assalto político que pretende "inovar" a educação carregada de estoicismo, uma política educativa cheio de chiquismos, camuflada de prédios novos e software de ponta. Enchem-se as escolas de computadores e quadros interactivos e esvaziam-se daquilo que é o mais importante na educação dos nossos filhos, as relações humanas necessárias em todo o real conhecimento (ou seja, os professores e os funcionários).
Recentemente visualizei um documentário obrigatório para compreendermos o que vai acontecer daqui a uns anos com a "fabulosa" extinção das escolas privadas e as "pequenas" escolas públicas, substituídas por mega-agrupamentos de saberes. Compreender o futuro da educação em Portugal; perceber em que é que se irão tornar os mega-agrupamentos; os passos do ensino público como um aglomerado de insucesso e facilitismo; a necessidade urgente do fim ao carreirismo educacional e o recurso à avaliação dos professores do ensino público; a necessidade da opção dos colégios privados como única e real escapatória ao surto de violência, facilitismo e insucesso que estas mega-escolas parecem causar; o combate ao sedentarismo e aos interesses políticos. Perante esta arqui-inimigo da educação, que é a própria política educativa, apenas nos resta esperar por um milagre ou pela chegada de um super-homem que nunca mais vem.
"Waiting for Superman" de Christophe Beck é um documentário extremamente necessário para compreendermos, pela leitura do que se passa lá fora, o rumo que tomámos cá dentro

0 comentários:

 

Um milhão de visitas

Este blog foi fundado em 13/01/05. Ao longo destes 8 anos passou um milhão de olhares pelos artigos e frases que aqui diariamente coloco. Já foi alvo de referência de vários órgãos de comunicação social, bem como de centenas de blogs e sites que visito ainda hoje com algum afecto. A todos um muito obrigado.

Contacto

vaz.correio@gmail.com