O quarto escuro do leitor 2

A obra Seres de Rã vem carregada de anonimato, uma vez que a figura principal é o pronome que nos visita através de uma mentira causada pelo próprio texto.

Estava a ler um livro de Nietzche, quando me deparei com a imagem de um excerto que estandardiza toda a sociedade. A imagem do herói e a imagem daqueles que nem um nome próprio merecem por não fazerem frente a um problema... talvez por não terem nenhum para resolver! Os seres de sangue de rã...
Não quero aqui fazer nenhuma deambulação filosófica, apenas dizer que algures no texto o leitor encontrará o seu quarto escuro e aí terá de esperar para que os olhos se habituem aos objectos negros que lhe vêm à mão e ver como um cego, pela derradeira vez...


Enviar um comentário

Mensagens populares