Textos Mais Lidos

Outras Casas

Frase

Em breve...

Seguir por Email

Textualinos

Pesquisar neste blogue

Comentários

Recent Comments Widget for Blogger With Avatar For Blogger by Beautiful Blogger Widgets

 

 

+

 

o menino de prata

havia uma vez um menino de prata que vivia no fundo de um rio. Era um menino muito feliz e todos os peixes gostavam de brincar com ele. O seu passatempo favorito era atirar os peixes para o alto, até eles saírem da película final de água e voltarem a entrar, contorcendo o corpo num mergulho espectacular. As pessoas do exterior pensavam que/ os peixes saltavam da água sozinhos, como forma de combater a corrente/ mas se as pessoas não pensassem tanto com a razão e deixassem antes a imaginação tomar conta delas, aí sim olhariam com outros olhos para o fundo do rio e veriam o menino de prata a brincar com os seus amigos peixes/ o menino sabia que, quando as pessoas se aproximavam da água avistavam sempre a própria imagem reflectida, por isso, sempre que um humano se aproximava, não o fazia movido pela curiosidade do fundo/ mas antes para se pentear de novo, porque o vento tinha a mania que era uma espécie de cabeleireiro dos penteados esfrangalhados.
passagem de "O menino de prata", in Carlos Vaz, Histórias para um Natal


0 comentários:

 

Um milhão de visitas

Este blog foi fundado em 13/01/05. Ao longo destes 8 anos passou um milhão de olhares pelos artigos e frases que aqui diariamente coloco. Já foi alvo de referência de vários órgãos de comunicação social, bem como de centenas de blogs e sites que visito ainda hoje com algum afecto. A todos um muito obrigado.

Contacto

vaz.correio@gmail.com