Cinema e Património


este fim de semana assisti às Jornadas de Cinema e Audiovisual, em Fafe. O tema deste ano era sobre o Cinema e Património. No Auditório da Casa da Cultura, tive o prazer de ouvir uma mesa redonda com o Realizador Manoel Oliveira, João Paulo Rapagão, Ana Maria Fernandes, Estela Cunha, Anxo Santomil e Augusto Vasconcelos. Lá se debateram as ideias de património versus memória, bem como a importância do cinema como registo da mesma. Seria vasto, estar aqui a falar daquilo que ouvi e vi de interessante no debate. Mas é de registar um comentário da qual faço minhas as palavras de Manoel Oliveira, sobre a palavra imagem (que já é, por si só, uma imagem). Para este grande realizador, a imagem, que também é responsável pelo património, como registo da memória, é - não só a visual - mas, também, a do cheiro, a do tacto, a da audição, a da palavra antes da palavra.
A imagem de Manoel a dizer isto não me sai da cabeça...

Enviar um comentário

Mensagens populares