toda a luz que há no mundo


e o cheiro das cores?
a florigen púrpura da melancolia
ova nas gotas nascidas entre os dedos
do outono

incitadas pelo jogo do vento
as gotículas púrpuras da melancolia
brincam por entre os caracóis
esquecidos
na humidade tímida da tez

depois pingam nas teias incapazes
saltando como pérolas sobre o ar até explodirem
e gerarem o solo onde se atam os caules que alimentam
toda a luz que há no mundo

Carlos Vaz
Enviar um comentário

Mensagens populares