não é preciso ser-se rico para comer, é preciso ser-se rico para saborear...

"Nossa Senhora era rica, rica como eu..."
Espelho Mágico de Manoel de Oliveira
http://www.espelhomagico.com/
andava há dias à procura de uma sala para ver o último filme de Manoel de Oliveira, Espelho Mágico. Para minha felicidade, das poucas salas do país que passam este filme, uma delas está em Braga, no Braga Parque. Quando lá chegamos, não queríamos acreditar, o centro comercial fervilhava de gente. Na escadaria central, preparava-se um desfile de moda com danças devidamente coordenadas e sem sentido algum. Uma imagem que me fez lembrar uma passagem da obra A Casa de Al’isse.
Todos se acotovelavam para ver tal coisa.
Chegamos, mesmo em cima da hora, por entre tanto cotovelo… e na sala, só eu e Catarina e mais ninguém… um belo filme, tal como bela também é a obra de Agustina. No fim, Catarina perguntou-me: “A Alma dos Ricos” estará lá fora a ver a passerelle ou cá dentro a ver o filme?
Não sei se a pergunta era para mim ou para a Virgem Maria, em aparição
Enviar um comentário

Mensagens populares