não é preciso ser-se rico para comer, é preciso ser-se rico para saborear (2)



quando saímos dali ainda demorámos algum tempo a abrir caminho por entre a gente, até ao carro. Tomamos a direcção da Feira do Livro de Braga que ainda está a decorrer.
Uma vez na Feira, ficamos decepcionados com a pequena quantidade de gente que lá se encontrava. Posso mesmo afirmar que a Feira se encontrava às “Moscas”. A um canto, onde se podia visualizar a última novidade de televisores, apenas um casal a assistir a uma das muitas novelas da SIC. Os livreiros queixavam-se que este ano nem se quer daria para a despesa: “as pessoas estão sem dinheiro” - disse um, e registei.
Ficamos ali quase duas horas, por entre livreiros, editoras e alfarrabistas.
No fim, o saldo:

Revista Colóquio Letras, 2002 (159, 160) …………………………… 5 euros.
Revista Colóquio / Letras, 2002 (161, 162) ………………………….. 5 euros.
Sapos Vivos e Outros Monstros, Maria Regina Louro ………………. 2,50 euros.
À Sombra das Altas Torres de Bugio ………………………….. 2,50 euros.
Em Chinatown com a Rosa, Jorge Listopad……………….. 2,50 euros.
Agatha, Marguerite Duras …………………… 2,50 euros.
Austerlitz, W. G. Sebald ………………….. 14, 60 euros (o mais caro)

TOTAL: 34, 60 euros

34, 60 euros não chegam para um bilhete de Futebol
34, 60 euros não chegam para nada
34, 60 chegam para 7 livros (se contarmos com o mais caro)
Enviar um comentário

Mensagens populares