o jornalismo cansado


há já algum tempo ouvi um pequeno programa na TSF onde, por entre vários entrevistados, Carlos Pinto Coelho nos falava no Jornalismo Cansado. Na verdade, o jornalismo em Portugal evidencia preocupantes sinais de desgaste temático que aos poucos esgota a galinha dos ovos de ouro informativo.
Se, ainda esta semana, estiveram atentos aos serviços noticiosos, verificaram que as ditas novidades andaram sempre em redor de temas gastos e assuntos que na verdade pouco ou nada têm de novo. Entre a Vanessa, a Joana, o Futebol de sempre, a Gripe das Aves, o Irão, a subida do petróleo, tudo o resto, a Restante Vida, fica timidamente num espaço que lhe resta, em pequenas colunas estreitadas do jornal, ou numa pequena linha inferior do telejornal.
Na verdade, os jornais de hoje reduziram-se à qualidade de papel de embrulho dos CDs, dos filmes e livros que sustentam os jornais de um país com poucos hábitos de leitura (um dos países que menos os lê, segundo li numa coluna claustrofóbica).
De facto, o jornalismo está cansado, Portugal está cansado, as notícias fatigam o país, e eu, desinformado, aborrecido com tudo isto afasto-me para descansar
Enviar um comentário

Mensagens populares