encontrei recentemente duas obras traduzidas para português de Guy Debord. A primeira “movemo-nos na noite sem saída e somos devorados pelo fogo”, da editora Fenda, encontrei-a na Livraria 100.ª Página, a segunda “Enganar a Fome”, da editora Frenesi, adquiria na livraria Pára e Lê. Obras que dificilmente se encontram nos escaparates das restantes livrarias, pois são livros pouco comerciais e dirigidos a um público específico.
Comecei pelo primeiro livro, cumprindo assim a ordem de encontro estabelecida, in girum imus nocte et consumimur igni, extraído de um filme do autor e compilado em Oeuvres cinématographiques complètes.
As primeiras folhas do livro aguardam a leitura das imagens mais relevantes do filme, de seguida o texto começa logo com uma curiosa afirmação: Não farei neste filme qualquer concessão ao público.
(não me foi possivel encontrar nenhuma imagem da primeira obra, desta forma coloquei no espaço "O que ando a ler" a do segundo livro, uma vez que pretendo ler as duas in aequo)
Enviar um comentário

Mensagens populares