pequenos prazeres:
chegar, não importa de onde, no cansaço do dia, carregar o peso das costas para cima de um “play”, beber um Porto, e sentir-se aspirado pelo belo som de um saxofone. Para tal a receita: o trabalho a solo de Benny Carter na interpretação de alguns trechos musicais de Jazz.
Se ainda não tem pode ouvir um excelente exemplo em A Janela do Fundo
Enviar um comentário

Mensagens populares