"ARTE NA RUA"

Joaquim Vasconcelos
têm decorrido, um pouco por todo Alto Minho, várias iniciativas singulares de promoção da arte junto do público menos "sensibilizado".
Dalila Martins
Em Vila Praia de Âncora, por exemplo, terra de bons artistas plásticos, mas com um défice cultural algo assustador, foi organizada uma excelente iniciativa denominada “Arte na Rua”. Tal como o nome indica, a actividade foi, essencialmente, uma “manifestação artística”, que procurou trazer para a rua os trabalhos de vários artistas, sem qualquer tipo de descriminação pelo currículo apresentado ou “jeito”artístico.
"Morte de Ricardo Reis", Paulo Barreto
O público parava para ver a arte, e a arte passou a ser parte de um espaço vivo do dia-a-dia do transeunte, que parava constantemente para observar as obras que o interpelavam. Obras belíssimas de autores como: Paulo Barreto, Mário Rebelo de Sousa, Joaquim Vasconcelos, Dalila Martins, Mário Rocha, Jorge Meira, etc., poderiam ser visualizadas um pouco por toda a vila.

Mário Rebelo de Sousa

Não podia deixar de honrar esta iniciativa, uma vez que ela vai ao encontro da filosofia estudada em Capricho 43, onde é dito que a arte deve, essencialmente, ter um papel educador da sociedade.


Jorge Meira e Mário Rocha

No fim, depois de se levantarem as obras das montras e das ruas, os espaços deixaram um vazio, por isso, pelo que ouvi, esta será uma iniciativa que irá ter alguma periodicidade, e ainda bem
Enviar um comentário

Mensagens populares