"HOLIDAYAHOLIC"

"workaholics", Von Herr Buchta

acabaram-se as férias, e as primeiras rotinas de trabalho começaram logo a aparecer.
Um poeta, cujo nome não me recordo, disse uma vez que precisávamos de trabalhar apenas 15 minutos por dia para produzirmos aquilo que realmente necessitamos para viver durante 24 horas. Pois bem, faço suas as minhas palavras.

Sou, aos olhos da sociedade profissionalizante, um desleixado para com a rotina do trabalho e um verdadeiro apologista de férias. Passo o ano a esperar pelos feriados, fins-de-semana, pausas, etc. Geralmente não me dou com workaholics e tenho fobia a pessoas que me arrastam para o trabalho fútil da papelada “(em)pastada”, e que gostam de cargos como medalhas de guerra. Não quero com isso dizer que não cumpre com os meus deveres profissionais, quer sim explicar que apesar de cumprir com o meu trabalho, cumpro bem melhor com o meu lazer, esse sim um momento digno de inteira dedicação

2 comentários

Mensagens populares