OS QUE NÃO MUDARAM "NADINHA"

geralmente, antes de adquirir um livro investigo, cheiro, toco, manuseio e só depois compro, deste modo o risco de encontrar um livro pouco ou nada significativo é muito raro. Contudo, faz parte, do nosso crescimento enquanto leitor, cruzarmo-nos algum dia, e muitas vezes a propósito de nada, com um ou outro livro menos próprio. Ora, assim sendo, mesmo quando uma obra pareça nada mudar na nossa vida, ela possibilita sempre uma experiência de tortura que nos afasta destes autores e, in aequo, nos aproxima dos bons modos de leitura.
Pois bem, aceito sempre um desafio, principalmente quando é vindo daqui e daqui, por isso, após procurar alguns nomeados, aqui estão os dez que não mudaram “nadinha” a minha vida:

. Gramática da Língua Portuguesa (TLEBS) – Vários Autores
. Alquimista – Paulo Coelho
. Vai Onde te Leva o Coração - Susanna Tamaro
. Manual de Pronto Socorro para o Cavalo - P. D´Autheville
(nunca li, mas fazia-me falta um para completar os dez)
. O Enigma e o Espelho – Jostein Gaarder
. Só o Amor é Real - Brian Weiss
(para os que ainda procuram acreditar)
. O Suplente – Rui Zink
(dei-o por terminado logo ao fim de algumas páginas)
. Pais Brilhantes, Professores Fascinantes – Augusto Cury
(rronc zzzzzzzzzzzz rrronc zzzzzzzzzz)
. Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas – Dale Carnegie
(tenho um amigo que o leu e que me fez um resumo)
. Manual de Soluções, Reagentes & Solventes - Edgard Blucher
(precisei de o ler para um romance que pretendia escrever, mas que nunca comecei, tal como o livro)
2 comentários

Mensagens populares