A Pirataria dos anos 80

a pirataria ancestral vem aí de novo
quando era mais novo, a assustadora pirataria de então era outra, geralmente recorríamos às ditas cassetes e, em frente à televisão, gravávamos directamente do Top +... coisa aborrecida já que por entre a música aparecia, muitas das vezes, o cão que de longe ladrava, a buzina de um automóvel, ou um ou outro tossir de um amigo mais irrequieto... mas isso pouco importava, na pirataria da altura.
Mas a pirataria não era só feita assim, também se recorria ao uso das "K7" para gravar directamente da rádio, aí sim com melhor qualidade, e fazíamos as "playlist's" que incluíam a voz do irritante locutor que não parava de falar durante os primeiros e últimos segundos de cada música.
A verdade é que a pirataria de então era outra, e os apologistas dos direitos de autor ainda mal existiam...
Contudo, se o amigo textualino julga que o tempo das "K7" já lá vai, está muito enganado, ora leia lá aqui
2 comentários

Mensagens populares