Michael Jackson's Face


sem dúvida que marcou algumas gerações, entre elas a minha. O que me ficou da música, principalmente a desta última fase, foi a sua redenção com a sociedade, as suas nobres causas humanitárias, procurando quer através da dança, que recriou constantemente, quer das letras e da música, denunciar a xenofobia, a tortura, o abandono dos presos, as consequências inevitáveis da guerra, o sofrimento das crianças, etc. Estas foram, na verdade, as últimas caras do homem por detrás daquele plástico. Uma face tão nobre que quase nos fazia esquecer a cara menos visível e até desejada para um herói. Michael era, de facto, um homem de muitas plásticas e de muitas canções, mas não um herói, vejo-o como o Janus de "Black or White", um homem de muitas caras, algumas boas, outras nem por isso
Enviar um comentário

Mensagens populares