PARA MARIA GABRIELA LLANSOL

falcão peregrino
para Maria Gabriela Llansol

ensinas a ler, arrancando a mão com que a ave se firma na água

de bico comprido mantive-me altivo - como aprendi a fazê-lo, inicialmente, contigo – cheirando, por cima das palavras, a superfície capilar do sentido
lá no alto, segue-se a aprendizagem do voo

um falcão, que vê todo o texto, chama por mim, pede que abandone as águas e sobrevoe o mundo da metanoite, antes que me torne naquela idónea ave de um rio, onde as figuras se mantinham como girinos em vez de batráquios textualinos
dispostos a saltar para a língua, nenúfar de um tanque de palavras

2 comentários

Mensagens populares